Comemorações de fim de ano podem ser traumáticas para os animais

Todo fim de ano aumenta o número de queima de fogos de artifícios, devido às festas de Natal e Reveillon. Essa tradição, porém, significa que também chegou a época de redobrar o cuidado com os pets.

A queima de fogos faz os animais sentirem medo de morrer, pois apresentam taquicardia, salivação, tremores. Como conseqüência, eles podem tentar se esconder debaixo do sofá ou camas, dentro de guarda roupas e, muitas vezes, em locais que nem os cabem. Também podem ocorrer fugas em grande desespero e acontecer deles nunca mais voltarem ou, em casos de locais abertos, até de serem vítimas de atropelamentos.

Os animais sofrem mais do que os humanos com o barulho dos fogos de artifício devido à capacidade auditiva maior. Eles captam frequências auditivas entre 40 e 60 mil hertz, enquanto nós humanos captamos até 20 mil hertz. Além disso, os cães possuem músculos nas orelhas que os capacitam a ouvir tais sons mais rapidamente.

Cuidados que os proprietários devem ter com os CÃES:

  • Coloque algodão em seus ouvidos, para que tenham menos sensibilidade auditiva;
  • Acomode-os em locais seguros, dentro de casa;
  • Feche portas e janelas, para impedir que eles fujam;
  • Deixe aparelhos de TV e som ligados e aumentar o volume quando os fogos começarem;
  • Mantenha uma alimentação leve nos dias de fogos. O pânico pode provocar distúrbios digestivos fatais;
  • Deixe-os soltos, fora de correntes. Com o desespero, eles podem acabam se enforcando;
  • Evite deixar muitos animais juntos, eles podem acabar brigando. Não grite em caso de brigas. Mude o foco deles fazendo algum barulho forte.
  • Se não houver a possibilidade de acomodá-los em casa, busque auxílio de um médico veterinário para sedá-los.

Cuidados que os proprietários devem ter com os GATOS:

  • Mantenha-os em local confortável, sempre dentro de casa;
  • Identifique-os com uma plaquinha com seu telefone gravado nela, para que alguém o localize em casos de fugas;
  • Procure um médico veterinário para orientação com o uso de florais de Bach. Eles devem ser iniciados uma semana antes das festas de fim de ano.

Comentário